Morbo y Mambo


MORBO Y MAMBO é uma banda de rock que incentiva a dança. Formada em 2007 por Marplateans, com sede em San Telmo, Buenos Aires, sua música transita no dub, entrando e saindo de um funk frontal, aterrissando no kraut rock e inevitavelmente emana um halo psicodélico.

Eles fizeram três turnês no Brasil que incluíram shows no Rio, São Paulo, São Carlos e Belo Horizonte, nas quais dividiram palcos com Curumin, Do Amor e Bixiga 70, entre outros.

Em outubro de 2012, eles tocaram antes de mais de 1000 pessoas enlouquecerem no festival MoLA (organizado pelo histórico Circus Voador de Lapa, RJ). Esse show teve um condimento nigeriano: Oghene Kologbo, guitarrista da Africa 70, a lendária banda de Fela Kuti se juntou ao set.

Em abril de 2013, durante sua última visita ao Brasil, eles foram o grupo escolhido para abrir, no mesmo Circus Voador, a apresentação do disco Los Sebosos Postizos (núcleo de Naçao Zumbi tocando Jorge Jorge) para um público de 3000 pessoas.

Eles abriram Tame Impala e tUnE-yArDs em suas visitas à Argentina e fecharam o primeiro Festival Latino-Americano Afrobeat em um Konex lotado, onde também apresentaram o show audiovisual de Morbolivia com Miss Bolivia. Eles participaram do Festival da Cidade Emergente de 2012; Eles foram convocados com El Mató para uma Polícia Motorizada para o festival RS LIVE, organizado pela revista Rolling Stone.

O TRImarchi DG, a mais importante convenção de design gráfico da América Latina, os escolheu para fazer parte dos shows que acontecem durante o evento, bem como nas festas audiovisuais do Good Night TRImarchi (BNT).

Em 2014, eles foram a banda escolhida para abrir o Music Wins Festival em Buenos Aires, dividindo o palco com Metronomy, The 2 Bears e Four Tet. Eles editaram dois EPs, “Handleness” (2009) e “Das Papier” (2011) Dois LPs, “Morbo e Mambo” (2011) e “Boa” (2014).

Em 2015, apresentaram Boa, editado pela Exiles Records em LP e CD, com shows em Buenos Aires, Mar del Plata, Córdoba, Mendoza e Montevidéu. Nesse mesmo ano, eles fizeram parte da trilha sonora do filme americano Focus e gravaram uma música com Verónica Condomí com uma produção de Leo Sujatovich para uma compilação editada pelo CIAM (Centro de Pesquisa Aplicado à Música). Eles fizeram sua primeira turnê pelo Chile, passando pela Rádio USACH, Casa de Salud (Concepción), El Clan, e o encerramento do mercado e o festival de música latino-americano IMESUR para mais de 4000 pessoas no Parque Balmaceda, Stgo.

https://www.facebook.com/morboymambo/
Spotify: Morbo y Mambo

Publicado por Eva Uviedo

desenho, escrevo, recorto e colo sobre as coisas todas: http://www.evauviedo.com.br

%d blogueiros gostam disto: